Páginas

quinta-feira, 1 de julho de 2010

O meu amado imortal

O meu amado imortal vive e reina longe de mim
E também dentro de mim

O meu amado imortal é minha outra metade perdida
Que busco incessantemente

O meu amado imortal é minha plenitude
Que só se completa junto ao Amado

O meu amado imortal está longe e perto
Sentido e pensado, cheio do meu eu, vazio de mim

Quando perto dele, sinto a unidade
Estamos juntos mesmo quando longe do físico
Como dois monges que se amam e se acariciam apenas com o olhar

O prazer do corpo e da alma em união eterna... que nem os yoguis Tântricos ou mais...

Solidão...

Solidão  não existe, é ilusão da separação...a luta diária deste ilusão, buscando ver a miragem dissipar-se

Meu Amado Imortal...

Sempre juntos, mesmo separados
Separados, porem para sempre minha alma é a sua ...toma-a

Poesia minha

Nenhum comentário:

Postar um comentário

E aí, gente, o que acharam? Ah, habilitei para anônimos de novo, então, favor, manter o nível!!

Veja o meu perfil

Minha foto
Brazil
Mão Cósmica Azul, Kin 247, Reikiana e uma pessoa legal, um ser humano no processo de evolução,como, aliás, todos somos...

Ame-se!!

Ame-se!!
Vigilantes da Auto Estima

Revista Andros para mulherada

Revista Andros para mulherada
proibido para choronas bobocas

Sigam-me os bons! e, até, os não tão bons

Vídeos de Alienação Parental Ferida no coração de pai(mãe) e filho(a)(s)

Loading...