Páginas

segunda-feira, 30 de janeiro de 2012

Valerie Solanas NÃO me representa....

Valerie Solanas era uma feminista radical, ou melhor, se dizia feministas, mas não era, porque era misândrica,  que no seu manifesto SCUM, pregava a extinção dos homens, tão somente e ela não representa o feminismo em sua expressão mais primitiva, que pregava a igualdade de direitos entre homem e mulher, não somente de direitos civis, como também nas relações interpessoais entre ambos os sexos.
O feminismo de verdade é humanista, quer direitos iguais para homens e mulheres. Se existem mulheres feministas que querem acabar e/ou prejudicar os homens, elas não me representam

A mulher feminista normal, quando é heterossexual, gosta de homens legais carinhosos e gentis e não estúpidos e machistas, gosta dela mesma e, se for lésbica, faz sexo com mulheres, gosta de mulheres, porém não odeia homens.

EU REPUDIO O SCUM, pois entendo que homens e mulheres podem ser dar muito bem na cama e fora dela, da mesma forma que mulheres que têm outra orientação sexual pode ser dar muito bem com homens, fora de sua cama e atá serem grandes amigos

Para os homens legais e de bem, os normais(não-machistas e agressivos) meu carinho e consideração; para os homens ruins, distância

VIVA A HETEROSSEXUALIDADE, A HOMOSSEXUALIDADE E A BISSEXUALIDADE com CARINHO, RESPEITO e AMOR

Bjs

31 comentários:

  1. Quem é essa louca desumana e de mente fechada? Quero distância dela!

    ResponderExcluir
  2. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  3. "O feminismo de verdade é humanista, quer direitos iguais para homens e mulheres." Entendo isso como bom senso e respeito.A palavra feminismo já polariza a ideologia em um gênero,portanto não se pode falar de igualdade levantando bandeiras como feminismo,masculinismo....
    Não concordo em chamar Solanas de radical,a palavra radical deriva de 'radix' em latim que significa raiz,e Solanas teve suas antecessoras(Margaret Sanger,Voltairine de Cleyre).Se Solanas fosse radical tornaria totalmente legitima a expressão feminazismo.
    Apesar das generalizações e reducionismos("homens legais,homens ruins,feminista normal!")gostei de ver alguém fazendo criticas ("mulheres feministas que querem acabar e/ou prejudicar os homens, elas não me representam")pois só questionando que se pode evoluir.

    ResponderExcluir
  4. Parabéns. A primeira feminista com vergonha na cara pra dizer isso.
    Beijos
    Abigail

    ResponderExcluir
  5. Quem defende o feminismo está todo do mesmo lado.

    http://omarxismocultural.blogspot.com/2011/12/o-enxame-feminista.html

    ResponderExcluir
  6. Para o "machinho" Lucas;

    Bem, se Valerie Solanas se dizia feminista e pregava o extermínio dos homens, então, pela sua lógica, toda feminista prega o extermínio dos homens,

    Então,

    Se o rapaz que matou Eloá fosse, por acaso, simpatizante do machismo ou do masculinismo, então, todo machista e/ou todo masculinista o apoiaria, estou certa?

    Então, Lucas, se um homem desequilibrado, que se diz masculinista, mata, espanca, estupra mulheres, não pode ser considerado o símbolo do masculinismo, do mesmo modo, Valerie Solanas, que, por sinal,está desencarnada há muito tempo, não pode ser considerada o simbolo do feminismo

    Se você considerar este premissa verdadeira, então, todo homem que se diz masculinista e incita violência contra as mulheres, também, nós, feministas, poderíamos, se pensássemos como vocês, considerá-lo a essência do masculinismo, o que não é verdade, pelo menos para os homens que não pregam violência, que sei que existem e são muitos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não interessa o seus ideais individuais: se vocês são contra o aborto, se você gostam dos homem, etc. O feminismo de merda que vocês possui todo esse poder graças a vocês: por simplesmente afirmarem que são feministas. Afirmando isso vocês concordam que as bruacas abortistas comunistas representem vocês. Acho que é isso que o Lucas quis dizer. Vocês afirmam que são do "feminismo de verdade", mas o feminismo real e aquele que possui poder para executar os ideais; o feminismo real é o feminismo que vocês criticam, e vocês são o feminismo ilusório: não possuem um pingo de voz para nada, não possuem nenhum poder e nenhuma influência; são acabam dando mais força ao feminismo real e perverso. Portanto, vocês também acabam por serem cúmplices do feminismo que vocês criticam. A Bíblia diz: "Saí dela, povo meu, se não irão compartilhar de suas pragas." Se aplica bem a vocês, criticam o feminismo mas não querem sair dele.

      Excluir
    2. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
    3. Nando, veja bem, esta tal de Valérie era uma nulidade no movimento feminista, nunca foi um grande nome, ela morreu há mais de 30 anos e é, no mínimo, uma desonestidade colar os escritos dela à verdade do movimento feminista.
      Sabe de uma coisa?
      Mark Lepine, aquele louco que atirou contra estudantes de ciências exatas na Escola Poltecnica de Montreal em 06/12/1989, ele representa o masculinismo?
      Pois bem, saiba que certo blog;site masculinista americano o coloca como herói na luta contra o feminismo
      Um homem que assassinou mulheres pela “ousadia” delas em estudarem Engenharias e Matemáticas foi colocado como herói do masculinismo

      Se vocês dizem que Valeria representa o feminismo, podemos dizer que Marc Lpine representa o masculinismo ou não?

      Leia o site americano onde este psicopata é louvado:

      HTTP://puahate.com/showthread.php?t=21836

      Copie o link acima, pois não sei linkar num comentário, só num post e coloque para traduzir, pois está em ingles. Entendo bem pouco de ingles, mas antes mesmo de traduzir pude perceber que este site apoia este psiocopata

      Excluir
  7. Hamanndah

    Nada do que a feminista e doente mental (pleonasmo)Solanas fez contradiz o feminismo.

    Como está no texto cujo link pus em cima:

    "As feministas sinceras nem sempre tencionaram levar a cabo os propósitos enumerados pelas feministas radicais. Mas como elas fazem parte do colectivo feminista, elas irão agir como membros do colectivo."

    "Mesmo que elas não participem na perseguição activa dos homens. elas serão proibidas - como regra tácita - de exibir qualquer tipo de simpatia pelos homens - independentemente do sofrimento destes."

    "Aquelas que violarem esta lei não-falada, serão prontamente expulsas e catalogadas como anti-feministas e sujeitas ataques malignos do grupo."

    "Nenhuma feminista tentará impedir o processo de eliminação do homem, nem sentirá ela qualquer tipo de arrependimento mal isso esteja completo se ela se mantiver como feminista."

    .........
    Nenhuma mulher que se alinhe com o feminismo é digna de confiança do mesmo modo que nenhum homem que se alinhe com o nazismo é digno de confiança.

    Não há "nazi moderado" ou "nazi radical". Ou é nazi ou não é nazi.

    Do mesmo modo, não há "feminista moderado" ou "feminista radical". Ou é ou não é. Ponto final.

    ResponderExcluir
  8. Então, tá,

    Não existe então machista/masculinista moderado. Ou é masculinista, ou não é.

    Por exemplo, um masculinista amigo de vocês colocou, certa vez, num comentário, que um dia conseguiu enganar a namorada e enfiou o pênis dela no seu anus, sem seu consentimento e ainda ficou "morrendo de rir", pois penetrou-a de mal jeito e ela sentiu muita dor

    Qual a diferença entre esse tipo de masculinista e Valerie Solanas?

    Ora, pela sua lógica, se Valerie feminista diz que os homens devem ser exterminados e todas as feministas assinam embaixo, então, se você é um masculinista, você também aprova o comportamento deste seu amigo masculinista que postou esse comentário em um post de um outro blog, que não o dele, que, por sinal, ele apagou, covarde que é

    Se um masculinista diz que é a favor do estupro, então todos os masculinistas são a favor do estupro, OK?

    Ah, não, não tem nada a ver, não é?

    Então, se "não tem nada a ver, se masculinismo não prega agressão a mulher, só os masculinistas doentes", então, eu posso dizer que Valerie era uma feminista doente, que também não me representa, assim como seu amigo blogueiro, talvez, não lhe represente, de repente, você nunca fez nada parecido com mulher alguma, talvez...

    ResponderExcluir
  9. Hamanndah,

    O que é que a Sonalas fez que contradiz o feminismo? Era a Sonalas uma feminista? Ou será que ela não sabia o que era o "verdadeiro feminismo"?

    Em relação ao masculinismo: como deves ter reparado no meu blogue, eu sou Cristão, portanto o meu masculinismo é Cristão. Sexo anal ou violência com mulheres é estupidez, tal como o feminismo é estupidez.

    Eu defendo o papel que a Bíblia dá para o homem e para as mulheres. Ao contrário de ti, eu tenho uma forma lógica de separar o que é a favor dos homens (e, por implicação das mulheres) enquanto tudo o que tu tens é emocionalismos do tipo "oh meu Deus eu nunca faria uma coisa dessassssss!!"

    Irrelevante. As fundadoras do movimento com o qual tu te identificas afirmaram que queriam exterminar o homem.

    Ou elas (as fundadoras do feminismo) estavam certas ou erradas.

    Em que ficamos?

    ResponderExcluir
  10. Lucas, não é o sexo anal em questão.

    A questão é que esse masculinista foi agressivo com a namorada ao fazer algo contra a vontade dela, usando uma força suficiente para ela sentir dor.

    Sexo anal com carinho e KY não faz a mulher sentir dor, se ela quer fazer sexo anal

    Sexo anal pode ser ótimo, com carinho, entre duas pessoas que concordam e curtem essa prática. Ponto

    O que você não entendeu ou fingiu não entender é que se existem mulheres que se dizem feministas que são agressivas com os homens, como Valerie, também existem homens masculinistas que são agressivos com mulheres, o que não quer dizer que estes elementos representam, respectivamente, o feminismo e o masculinismo

    Nenhuma fundadora do feminismo queria exterminar os homens. Existe essa Valerie que era uma desequilibrada, ela não pode ser sinônimo de feminismo do mesmo modo que um homem agressivo com as mulheres não pode ser sinônimo de masculinismo, se as "boas intenções" dos masculinistas, direitos iguais para todos, pelo menos é que dizem, são reais.

    Estou cansada de tentar falar a sua língua.

    Esta vai ser minha última resposta para você para este post

    Leia abaixo este post, para ver o que é o que feminismo quer e não o que você imagina que ele queira:

    http://escrevalolaescreva.blogspot.com/2011/08/pra-quem-nao-gosta-todo-feminismo-e.html

    Um abraço

    ResponderExcluir
  11. O que você não entendeu ou fingiu não entender é que se existem mulheres que se dizem feministas que são agressivas com os homens

    Tu é que te estás a fazer de burra porque sabes onde isto acaba. Não "são mulheres que se dizem feministas" mas sim a mentoras e inventoras de muita da semântica usada pelas feministas.

    A Solanas não é uma "feminista qualquer", como tu queres fazer passar. Nem a Gloria Steinem nem a Germaine Greer nem todas as feministas que tu provavelmente leste durante a tua conversão ao feminismo.

    Estas mulheres são as pessoas que delimitaram o que é o feminismo e identificaram o inimigo (o homem, patriarcado, casamento), coisas que tu ainda lutas contra (embora com outras tácticas.

    Portanto, não há analogia entre um miúdo qualquer a afirmar-se de masculinista e levar a cabo sexo anal (coisa proibida pelo Bíblia) e violência contra a namorada com as fundadoras do movimento ao qual tu subscreves a apelarem à violência contra os homens.

    Percebes a distinção?

    O que tu estás a tentar dizer é análogo a dizer que a violência de Maomé, o "profeta do islão", é irrelevante.

    Isto é estúpido. Tal como o islão é o que Maomé fez, o feminismo é o que as suas fundadoras dizem que ele é.

    Nenhuma fundadora do feminismo queria exterminar os homens.


    Várias mulheres envolvidas na génese do feminismo quiseram exterminar os homens ou levar a cabo violência e/ou descriminação contra os homens.

    Robin Morgan era feminista? E Andreia Dworkin? E Germaine Greer ? E Catherine MacKinnon ? E Marilyn French?

    Tu podes tentar fugir o quanto quiseres, mas não podes fugir do passado da ideologia violenta a qual tu deste a tua alma.

    Feminismo = ideologia baseada no ódio.

    http://omarxismocultural.blogspot.com/2011/12/feminismo-movimento-baseado-no-odio.html

    ResponderExcluir
  12. Outra coisa: como é que se explica a desproporcional presença de lésbicas entre as feministas?

    ResponderExcluir
  13. Querido Lucas

    Queimei minha língua e vou lhe responder agora, juro, pela última vez:

    O que penso sobre as relações de homens e mulheres e sobre o feminismo

    O feminismo, para mim, é uma relação de direitos iguais entre homens e mulheres, é homem e mulher tratarem com carinho e respeito um ao outro.

    Existem feministas, ou existiram, que pregavam o ódio aos homens. Eu não concordo com elas.

    Vou lhe explicar como eu me intitulo feminista e não concordo com Valerie Solanas, acompanhe meu raciocínio:

    Hitler amava música clássica e era nazista
    Meu pai amava música clássina e não era nazista

    Valerie se dizia feminista e era a favor da mutilação dos homens, aquela maluca

    Eu sou feminista e não sou a favor da mutilação dos homens, ao contrário, amo fazer sexo com homens, homens legais, um de cada vez, é claro..

    Se você ainda não entendeu meu ponto de vista a partir disso, paciência, pois não vou mais lhe responder, pode postar a vontade

    Quanto á sexo, relação homem mulher, mulher mulher, homem homem

    Sexo é algo delicioso, que me faz bem, quando faço com um homem que seja gentil comigo e com também tenho o prazer de ser gentil com ele, o prazer mutuo de dar e receber do parceiro

    Não gosto de sexo anal, mas considero sexo anal algo bom para quem gosta. Mulheres adoram, algumas, homens adoram, alguns e é ótimo quando um homem e uma mulher dão prazer um ao outro na cama

    Não sei se você leu direito, o comentario do seu amigo masculnista diz que ele "fez sexo anal com sua namorada contra a vontade dela é usando força fisica suficiente para provocar muita dor"

    Portanto, entenda, ele agiu errado porque fez algo que ela não queria e com muita força, SEM AVISAR QUE IA PENETRAR, portanto, o errado foi a agressividade dele e O fato dele fazer algo que ela NÃO QUERIA, não a pratica sexual.

    Sexo não é pecado, é delicioso, quando AS DUAS PESSOAS QUEREM FAZER E FAZER O QUE QUEREM, OK?

    Sou a favor da homossexualidade, da bissexualidade e da heterossexualidade

    Sou a favor de homens e mulheres terem grande carinho uma pelo outro, porém, sem ninguém mandar no outro.

    Não acho justo uma relação que outro manda e outro obedece, seja homem ou mulher, ou mulher e mulher, ou homem e homem, por isso me digo feminista

    Não acho justo que o homem se aposente com mais tempo que a mulher

    Não acho justo o serviço militar obrigatório para homens.

    Em situações de desastre/calamidade, as pessoas que devem ter prioridade para salvamento devem ser as pessoas mais frágeis fisicamente, seja homem ou mulher, ou seja, se uma mulher com mais condicionamento fisico que um homem estiver junto dele num navio a pique, ele deve ser resgatado primeiro, e vice-versa.

    Existem lésbicas feministas, não-feministas, ou tanto faz, isso nada tem a ver com a opção sexual e sim com igualdade de direitos no relacionamento

    ResponderExcluir
  14. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  15. Epá, eu detesto ter que explicar coisas básicas a feministas.

    Vou-me restringir a isto:

    Robin Morgan era feminista? E Andreia Dworkin? E Germaine Greer ? E Catherine MacKinnon ? E Marilyn French?

    Tu podes tentar fugir o quanto quiseres, mas não podes fugir do passado da ideologia violenta a qual tu deste a tua alma.

    http://omarxismocultural.blogspot.com/2011/12/feminismo-movimento-baseado-no-odio.html


    Diz-me se essas mulheres estúpidas e violentas eram feministas ou "femistas".

    ResponderExcluir
  16. 1 - Tal masculinista citado pertence ao arcabouço ideológico do masculinismo? Quero dizer possui reconhecimento no meio do masculinismo? É praticamente uma referência plena da maioria esmagadora dos demais masculinistas de alguma época?

    2 - Existem outras feministas com citações bem misândricas e que foram deveras reconhecidas como pedras fundamentais para o feminismo.

    3 - Antes que venha citar Silvio Koerich ou "The Truth" como grandes referências do masculinismo, há muita polêmica em torno deles. Muitos masculinistas(vide Reflexões Masculinas) os consideram, no mínimo, extremamente equivocados em muitos pontos. Além disto, o site que hoje em dia usa o nome dele(Silvio Koerich) não é dele, uma vez que ele já tinha fechado para o público há tempos e o seu real site atualmente só é aberto a convidados. O site que está no ar hoje em dia é simplesmente uma forma de desqualificar o seu nome. A Abigal(acima) tem um bom texto sobre isto.

    4 - As "boas" feministas se emudecem nas discussões quando existe misandria, vitimismo descarado e certa cegueira ideológica que causa a negação de influências biológicas sobre a conduta humana, mesmo quando cientificamente provada em bebês recém-nascidos(estes machistinhas!). Ficam mais tímidas. Nunca criticam Valerie Solanas e posições, no mínimo, questionáveis - vc, parabéns, foi a segunda brasileira que vi criticar algo no feminismo. A outra, quando criticou certo vitimismo exarcebado, logo foi taxada pelas "irmãs" como machista e misógina. Parecem que consideram o Feminismo como sendo imune a críticas. Faltam "ombudswomen" no Feminismo, as quais responsáveis pelas críticas internas.

    5 - Chamar alguém de "machinho" não valida qualquer argumento que seja. Ad-hominem do mais puro. E é apenas mais uma versão para os diversos termos que as feministas e diversos outros ideólogos gostam, quando lhes faltam argumentos convincentes:Machista, fascista, capitalista, racista, nazista, homofóbico, sexista, misógino...

    ResponderExcluir
  17. Eis os homens gentis que as mulheres gostam:
    http://g1.globo.com/Noticias/Ciencia/0,,MUL961692-5603,00-HOMENS+MAIS+RICOS+DAO+MAIS+PRAZER+AS+MULHERES+AFIRMA+PESQUISA.html

    Eis os homens carinhosos que as mulheres gostam:
    http://www.istoe.com.br/reportagens/11518_OS+BAD+BOYS+SE+DAO+BEM+COM+AS+MULHERES

    Eis os direitos "iguais" prospostos pelo feminismo:
    http://g1.globo.com/politica/noticia/2011/04/comissao-aprova-cota-de-50-para-mulheres-em-lista-fechada.html

    ResponderExcluir
  18. Semeador:

    Você leu bem o meu post?

    Onde eu escrevi que gosto de canalhas? Onde eu escrevi que eu quero que os homens se ferrem?

    Elm

    O tal masculinista postou aquele comentario em um blog masculnista, cujo nome não me lembro mais, que já foi deletado( o blog e por consequencia, o comentario)

    Lucas

    Se o feminismo é movimento de ódio, o que você me diz do cara que matou uma mulher porque ela deu um sonoro fora nele?

    Uma mulher que dá um "chega para lá num homem" merece um tiro na testa? Se merece um tiro na testa, então, juntem-se, vocês masculinistas, para tentarem legalizar o estupro

    Uma adolescente de 12 anos fo estuprada num onibus por um cara armado. O homem estava armado. A garota podia dizer não? Ah, podia? Ah,se fosse sua irmãzinha, não é Lucas

    E o estupro coletivo na festa de aniversario? Foi um ato de amor ou de ódio?

    Viu, Lucas, antes de você pegar meia duzia de feministas malucas que queriam ferrar os homens( misandricas) e colocar todas no mesmo barco, lembrem-se dos tres casos:

    1) Existe um motivo justo, Lucas, para o rapaz ter colocado uma arma na cabeça de uma menina de 12 para obrigar ela a fazer sexo com ele?

    2) Existe um motivo justo, Lucas, para um rapaz reagir a rejeição de uma moça, que só o empurrou primeiro porque ele estava sendo inconveniente, com um tiro na testa? É justo, Lucas, um homem vingar uma negativa e um empurrão com um tiro na testa?

    3) Existe um motivo justo, Lucas, para aqueles caras invadirem a festa de aniversario, estuprarem as convidadas e matarem 2?

    4) o SEU MASCULINISMO LUCAS apóia estes 3 episódios acima? Se voce não apóia, da mesma forma, eu também não apóio misandria e mutilação de homens

    ResponderExcluir
  19. As fundadoras do feminismo eram mulheres que apelavam à violência e descriminação contra os homens.

    Robin Morgan era feminista? E Andreia Dworkin? E Germaine Greer ? E Catherine MacKinnon ? E Marilyn French?

    Responde-me a isso.

    ResponderExcluir
  20. Lucas,

    Espero que este seja meu último comentário para você neste post, mas vamos lá

    Lucas, não sei se estas feministas que você citou falavam sobre isso, pois eu pouco li sobre elas, mas lhe garanto que, se elas pregavam que os homens fossem eliminados e prejudicados, eu não apóio

    Eu apóio que tanto os homens quanto as mulheres se dêem bem, sem um precisar mandar/humilhar/agredir o outro

    Não apóio nem a agressão de homens contra mulheres, nem o contrário

    Sou também contra o poder de um dos genêros na família nuclear.

    Isso só faz gerar tirania

    Sou a favor de homens e mulheres serem autônomos, auto-suficientes e felizes, em relações hetero, ou homo, com seus parceiros

    Enfim, não prego nem o mal para o homem nem o mal para a mulher

    Se você ler meus outros posts do meu blog, vai descobrir isso

    Estou cansada de lhe responder

    leia meu post inteiro e veja se preguei qualquer tipo de violência contra homens/mulheres

    Um abraço
    Hamanndah

    ResponderExcluir
  21. "Lucas, não sei se estas feministas que você citou falavam sobre isso, pois eu pouco li sobre elas, mas lhe garanto que, se elas pregavam que os homens fossem eliminados e prejudicados, eu não apóio(...)"

    Eis a gênese do problema das boas feministas: o desconhecimento. Na minha opinião, o mesmo problema pelo qual os bons cristãos passam. Se lessem a Bíblia e buscassem refletir sobre a história das religiões, a relação que estas estabelecem com a psique humana e sobre dialética erística, provavelmente se tornariam agnósticos ou ateus. E as feministas que lêem a base do feminismo, assim que criticam alguns pontos por terem acessado tal conhecimento, logo são expurgadas do movimento e taxadas como machistas, fascistas e misóginas. Melhor é desconhecer do que ter má fé. Afinal, isto revela que és apenas uma apaixonada por um conceito aparentemente muito bonito, que serve tão somente como falsa propaganda para engordar uma massa ideológica. Mas, posso garantir, vc está na frente de muitas outras. Boa sorte.

    ResponderExcluir
  22. Hammandan,

    Não sabias dessas mulheres mas agora já sabes. Elas são as pessoas que determinaram o caminho que o feminismo moderno deveria seguir. E tu segues.

    Vê como isso ainda está a ser continuado até hoje:

    http://omarxismocultural.blogspot.com/2011/12/feminismo-movimento-baseado-no-odio.html

    ResponderExcluir
  23. Elm

    Sei que Solanas e Andrea escreviam sobre que "tinham que sacanear os homens", e esta atitude delas muito nos prejudicou, queimou nosso filme

    Felizmente, tenho boas relações com os homens, os meus amigos e os não tanto amigos, não os vejo como meus superiores, nem como meus inferiores

    Um abraço
    Hamanndah

    PS: Para Luquinha, não respondo mais, cansei meu dedinho com ele( RS,RS)

    ResponderExcluir
  24. Inclusive, Elm, tem um post da Andrea falando sobre prostituição, de como ela faz mal para a mulher

    Concordo com a parte que faz mal à mulher a prostituição, porém, acho que não deve ser criminalizada, nem o cliente, nem a prostituta, porém, quem deve ser criminalizado é o cliente que transa com menor de idade e o cliente que bate, humilha e ameaça as prostitutas

    Elas merecem respeito e serem tratadas com dignidade, como todo mundo e naõ serem humilhadas e espancadas, como muitos fazem com as moças

    ResponderExcluir
  25. Para Elm

    Leia abaixo este post de uma pessoa que eu sigo, para você vê que as primeiras feministas não eram rancorosas, queriam direitos iguais e eram contra o ABORTO, como eu sou, terminantemente contra:

    "Eis algumas declarações de feministas de verdade:

    Susan B. Anthony (1869)
    "Culpada? Sim. Independente do motivo, seja o apego à sua vida estável, ou uma vontade de evitar o sofrimento do inocente nascituro, a mulher que comete tal ato é terrivelmente culpada. Levará isto em sua consciência por toda vida, pesará em sua alma quando de sua morte. Mas triplamente culpado é quem a levou ao desespero, quem a impeliu ao crime!"

    Emma Goldman (1911)
    "O costume de recorrer ao aborto atingiu uma proporção além do imaginável nos EUA… É tão grande a miséria das classes trabalhadoras que 17 abortos são cometidos a cada 100 gravidezes."

    Mattie Brinkerhoff (1869)
    "Quando um homem rouba para satisfazer sua fome, facilmente concluímos que há algo errado na sociedade -- da mesma forma, quando uma mulher destrói a vida de uma criança não-nascida, é uma evidência que, seja por sua educação ou pelas circunstâncias, ela foi levada a tal erro."

    Sarah Norton (1870)
    "Assassinos de crianças praticam sua profissão sem impedimentos, e açougues infantis permanecem abertos sem qualquer problema… Não há solução para todos estes assassinatos de crianças não-nascidas? Talvez ainda chegue um tempo quando uma mulher solteira não será desprezada por ser mãe (…) e quando o direito de nascer do não-nascido não será negado ou impedido."

    Matilda Gage (1868)
    "Este assunto é dos mais profundos nas injustiças feitas às mulheres do que qualquer outro… Não hesito em afirmar que a responsabilidade por este crime na maior parte é do sexo masculino."

    Alice Paul
    "O aborto é a máxima exploração das mulheres."


    Infelizmente, as vozes de tais feministas hoje em dia permanecem caladas em meio à gritaria de uma gente que só quer exercer seu ódio infantil à custa de verbas públicas.

    Esperemos que as novas gerações de feministas voltem às suas origens e, principalmente, busquem valorizar o maior dom que lhes foi dado, a possibilidade de ser mãe. Isto pode não valer uma capa na revista Marie Claire, mas é bem melhor que ficar defendendo a morte de crianças inocentes."

    Veio daqui:

    http://contra-o-aborto.blogspot.com/2011/04/feministas-ontem-e-hoje.html

    Você, Elm, me pareceu o mais razoável dos que postaram aqui, por isso para você procurei este post que coloquei neste meu comentário. É este o feminismo, o contra o aborto e a favor de direitos iguais para todos, que prego e concordo.Ele, o dono do blog que tirei este comentário, é contra a homossexualidade, eu apóio a homossexualidade, e também apoio os métodos anti-concepcionais não-abortivos, não concordamos com tudo

    ResponderExcluir
  26. O mais signifivo, na minha opinião, foi o seguinte: "as vozes de tais feministas hoje em dia permanecem caladas em meio à gritaria de uma gente que só quer exercer seu ódio infantil à custa de verbas públicas". Penso que vc não pertence ao mainstream feminista. Não segue as diretrizes mais comuns do movimento. E já deve ter sentido isto na pele... O que representa, suspeito, que vc seja uma pensadora independente e em decorrência simpatize com segmentos do feminismo não lá muito populares. Pena que a massa de manobra ideológica não costuma ser independente neste ato cognitivo tão particular. Por exeperiência própria, sei que poucos são os que pensam por si próprios. E veja que falo isto não porque eu seja contra o aborto ou concorde contigo neste ponto. Na verdade, sou até a favor(com muitas ressalvas e que seja acompanhado de um arcabouço político-legal amplo e restritivo). Mas é bastante evidente que vc não segue a linha padrão. A começar por não aceitar Valerie Solanas como representante. Também não considero o feminismo de todo ruim. Mas o tal mainstream feminista, devo dizer, me deixa com o pé bem atrás. Assim como, em menor proporção, o mainstream masculinista. Percebo sim misoginia e um pensamento um tanto quanto medieval em alguns colegas masculinistas. Às vezes me sinto como um peixe fora d'água, ainda mais sendo ateu. E também não tenho nada contra os gays. Afinal, a retaguarda pessoal não deve ser do interesse alheio. É até suspeito quando isto ocorre... Mas não me sinto à vontade em considerar ambos os movimentos, em sua plenitude, como inválidos. No fim, carregam aspectos comuns a muitas outras ideologias:falta de autocrítica, dialética limitada, visão parcial, um quê de validade, suporte de crença ideológica(marxismo)/religiosa(cristianismo) como pano de fundo, apaixonados cegos e a maldita tendência popular de seguir as linhas gerais de forma não questionadora.


    P.S.: quando critico o feminismo, me direciono a esta linha geral e ao feminismo radical(q busca combater o mal em sua raiz, dizem)*, que são justamente as linhas do feminismo que mais têm voz no fim das contas.

    P.S².: recomendo o site reflexões masculinas como um site masculinista. Um site mais ponderado e equilibrado. Percebo até um certo refinamento em ALGUNS textos. Embora também não concorde com tudo, não percebo nele tanto ranço ortodoxo e não adaptativo. Na verdade, gosto até mesmo do site do religioso do Lucas logo acima. Porque o importante, afinal, é escutar de tudo e filtrar na mesma proporção. Quero dizer, "se o vento soprar de um único lado, a árvore crescerá inclinada".

    ResponderExcluir
  27. blábláblá mais uma que quer ganhar palma de homens. Desesperada por aceitação e atenção!

    ResponderExcluir

E aí, gente, o que acharam? Ah, habilitei para anônimos de novo, então, favor, manter o nível!!

Veja o meu perfil

Minha foto
Brazil
Mão Cósmica Azul, Kin 247, Reikiana e uma pessoa legal, um ser humano no processo de evolução,como, aliás, todos somos...

Ame-se!!

Ame-se!!
Vigilantes da Auto Estima

Revista Andros para mulherada

Revista Andros para mulherada
proibido para choronas bobocas

Sigam-me os bons! e, até, os não tão bons

Vídeos de Alienação Parental Ferida no coração de pai(mãe) e filho(a)(s)

Loading...