Páginas

segunda-feira, 25 de julho de 2016

25 de Julho - Dia Internacional da Mulher Negra Latina e Caribenha, por Hamanndah

Olá, gente. Um pouco complicado para uma mulher branca, de classe média, portanto, privilegiada,  como eu, escrever sobre o dia 25 de Julho, Dia Internacional da Mulher Negra Latina e Caribenha. Complicado porque não conheci, na minha pele, a discriminação racial, embora já tenha visto , não tão de perto, em pessoas de meu convívio, como colegas de trabalho e amigos(as).

Hoje a pauta é sobre a Mulher Negra Latina e Caribenha, então, deve me ater à situação da mulher latino-americana que mora aqui em Salvador, que é algo que posso ver de perto, mas, não tão perto, como disse, pois quem vê, de muito perto, o racismo que a Mulher Negra Latina sofre são as próprias.

Quando soube da blogagem coletiva das blogueiras negras, pedi a uma colega de trabalho minha, negra, historiadora, que escrevesse um texto para eu colocar no meu blog. Ela me disse que iria escrever, mas, ela não pode escrever, ficou de mandar um link, acabei não recebendo pelo email, etc, mas tudo bem. Acho que dá para eu dar um pequeno pitaco.

Bem, pelo menos linkei a fonte( rs,rs..)

Eu já vi mulheres negras latino-americanas serem discriminadas. Já li em blogs frases lamentáveis, como, por exemplo, esta frase: "A mulher brasileira típica é uma gorilóide." Tirei esta frase do negrito e copiei exatamente como peguei do blog, por sinal, misógino, e em outra cor para mostrar o quanto o racismo nojento anda de mãos, bem dadas, com a misoginia, por exemplo, pois se considera mulher bonita a mulher do padrão europeu, a loura de olhos claros, a morena de olhos esverdeados. Vocês podem googlar esta frase, como eu fiz, sem o ponto final, por sinal,  porém parece que os(as) blogueiros(as) que foram corajosos em ter escrito esta frase no blog deles(as) não tiveram coragem de autorizar o google para que se ache o blog deles(as) através desta frase detestável. Se vocês não encontrarem o blog, como eu não encontrei, faça um comentário para mim, me dando seu email, que vou lhe mandar por email o link deste blog misógino. Não vou o colocar arqui, abertamente, para não dar IBOPE. Acho esta frase pode render uma denuncia a safernet, ou não?

A mulher negra não é considerada bonita, por pessoas como as que menciono no parágrafo acima,  o que é um grande erro de avaliação, pois deve-se levar em conta que todos nós somos diferentes, negros, pardos, brancos, amarelos, portanto, não pode-se usar critérios únicos de beleza,  pois cada beleza é única. Além do mais, mulheres que estão, realmente, fora do padrão de beleza, negras, brancas, pardas, são pessoas, não são nem melhores, nem piores do que qualquer outra. Às vezes, a beleza está num olhar, num sorriso, numa energia de autoestima, de se querer bem e é algo que ninguém tira.

Além disso, todos nós, brasileiros(as), temos sangue negro nas veias. Parece que o brasileiro se esquece que, na época em que D. João VI veio ao Brasil, 90% da nossa população era negra e escrava, portanto, é quase impossível existir um brasileiro que não tenha um ascendente negro. O que torna o racismo das pessoas que se dizem brancas ainda mais acintoso.

Quando digo que sou branca, é o que a cor da minha pele mostra, se bem que, como disse minha amiga, branco de verdade é da cor do papel, da cor do corpo da mensagem do meu blog, que estou escrevendo agora. Então, na verdade, não sou branca, propriamente, embora não seja negra e tenho, sim, antepassados negros e índios, o que pode ser comprovado pela meu cabelo levemente cacheado.

A mulher latina e caribenha negra, aliás, não somente a latina e caribenha, o racismo é universal,  é muitas vezes vista como objeto sexual de alguns homens machistas, brancos/héteros, de maneira totalmente abjeta. Prova disso é a expressão discriminatória, tanto racista quanto machista, "Mulata tipo exportação", como se a mulher negra fosse um obejto, como cama, arma, açúcar, carne, etc. para ser "exportada". Felizmente, para cada machista, existem homens maravilhosos, não-machistas, que não vêm nenhuma mulher apenas como objeto para seu uso. Sim, eles existem e merecem valorização!

Em novelas não fica muito diferente. Revoltei-me uma vez, com uma cena de novela, quando o adolescente brancão tinha mania que querer ver a empregada( de escrava a empregada) tomar banho, e o pai dele, outro omisso e machista, além de racista, o máximo que faz de em defesa da moça e dizer ao moleque: "filho, não faça isso, senão a moça vai acabar saindo de casa" , ou seja, a preocupação que ele mostrou foi não perder a "escrava doméstica "liberta"", em momento algum o autor desta novela mostrou o quanto é negativo a empregada negra da família de classe média alta, que eram os personagens, não ser respeitada enquanto ser humano e o adolescente agiu de maneira similar à dos sinhozinhos de engenho que "usavam suas escravas para sexo" pois sexo é feito entre duas pessoas por mútuo consentimento, sem que haja nenhum poder entre um deles, nenhuma humilhação, nenhuma coação. O contrário , sexo sem consentimento, com a outra pessoa como objeto, e não como pessoa respeitada dentro da relação , é estupro, não sexo.

Existe um casal que conheço, ambos de classe média, bem empregados, sendo ela negra e ele branco, onde ela chegou a ouvir de um convidado em sua festa de aniversário: "Fulana, casou com Fulano para limpar a raça, foi?". Eu sou uma pessoa educada, mas , as vezes, posso ter um gênio difícil. Se eu ouvisse esta frase, para mim, eu, imediatamente, iria xingar essa pessoa racista que, na maior cara de pau, ofende os donos da casa, na frente deles, e iria expulsar esta pessoa da minha casa e nunca mais iria lhe dirigir a palavra

Infelizmente, devo confessar que já cometi uma gafe racista, pelo que me lembro. Uma vez eu estava num seminário de auto-ajuda e tratamento da criança interna e estava conversando com uma das mulheres que participavam, negra, que me disse que trabalhava em tal hospital, aqui em Salvador. Imediatamente, perguntei, como enfermeira? não, como médica, foi a resposta neutra da moça. Imediatamente, me enchi de vergonha de mim mesma, meu rosto deve ter ficado escarlate, como o rosto de algumas pessoas escandinavas.

Não e com orgulho que confesso isso. Sim, é verdade que séculos de escravidão transformaram o nosso País num País racista, sim, embora, muita gente poderá não gosta de admitir, como eu admiti, de pelo menos uma vez na vida não ter feito um comentário racista, mesmo sem ser intencional  ou consciente.

As mulheres latinas e caribenhas negras , além do racismo da pele, também enfrentam o machismo. Ambos  existem, estão sempre espreitando, nos nossos menores gestos e crenças.

Hamanndah


7 comentários:

  1. "Eu já vi mulheres negras latino-americanas serem discriminadas. Já li em blogs frases lamentáveis, como, por exemplo, esta frase: "A mulher brasileira típica é uma gorilóide." Tirei esta frase do negrito e copiei exatamente como peguei do blog, por sinal, misógino, e em outra cor para mostrar o quanto o racismo nojento anda de mãos, bem dadas, com a misoginia, por exemplo, pois se considera mulher bonita a mulher do padrão europeu, a loura de olhos claros, a morena de olhos esverdeados. Vocês podem googlar esta frase, como eu fiz, sem o ponto final, por sinal, porém parece que os(as) blogueiros(as) que foram corajosos em ter escrito esta frase no blog deles(as) não tiveram coragem de autorizar o google para que se ache o blog deles(as) através desta frase detestável. Se vocês não encontrarem o blog, como eu não encontrei, faça um comentário para mim, me dando seu email, que vou lhe mandar por email o link deste blog misógino. Não vou o colocar arqui, abertamente, para não dar IBOPE. Acho esta frase pode render uma denuncia a safernet, ou não?"

    Pessoal: eu coloquei esta frase de novo, no google, "A mulher brasileira típica é uma gorilóide" , sem as aspas, é claro, e o google mostrou o blog de onde ela veio, originalmente. Façam, googlem esta frase que vocês encontrarão o blog misógino e racista que insinuei..

    Vou entrar em contato com Larissa, das blogueiras negras, para ver se elas podem tentar tomar providências para denunciar esta frase daquele blog racista. Misoginia não é crime, ao que me consta, mas racismo ainda á.

    ResponderExcluir
  2. Obrigada pela visita ao meu blogue. Aí eu vim no seu, vi essa postagem e fiquei sabendo da última da presidanta. Eu já estava escrevendo uma postagem que tinha a ver e inclui esta bem a tempo.
    http://avezdoshomens.blogspot.com/2014/07/assassinato-de-mulher-e-negro-dia-da.html
    Os filhos das trevas também se encaixam nos planos de Deus (e eu nem acredito em Deus). Hua, hua, hua, hua, hua!

    ResponderExcluir
  3. Obrigada pela visita ao meu blogue. Aí eu vim no seu, vi essa postagem e fiquei sabendo da última da presidanta. Eu já estava escrevendo uma postagem que tinha a ver e inclui esta bem a tempo.
    http://avezdoshomens.blogspot.com/2014/07/assassinato-de-mulher-e-negro-dia-da.html
    Os filhos das trevas também se encaixam nos planos de Deus (e eu nem acredito em Deus). Hua, hua, hua, hua, hua!

    ResponderExcluir
  4. Querida Sara..ops...querida Biga, quanta honra sua visita a meu blog. A proposito, quem e Sara Souto Aranha, cujo blog, muito parecido com o seu, pesquei na net. E alguma de suas irmaes? Curioso, eu poderia jurar que vc tinha um irmao apenas , li uma vez no blog, e nao 8 como vc escreveu a pouco. talvez seja um erro de interpretaçao meu, não é mesmo? Bjs

    ResponderExcluir
  5. Xi! Isso é um rolo antigo, a Sara é minha irmã sim, mas a safadeza é toda minha. Ela me cedeu a conta porque eu era menor na época. Eu sou a mais nova dos 8.
    Ah, e se preferir pode apagar o comentário logo antes do seu, já que saiu duplicado.

    ResponderExcluir
  6. Nossa, é o saranhablog? Eu achei que fosse outro que eu fiz na mesma conta e eu já apaguei. Obrigada pelo aviso.
    Ah! E você viu a minha postagem para o Dia do Homem?
    http://avezdoshomens.blogspot.com/2014/07/15-de-julho-dia-do-homem-no-brasil.html

    ResponderExcluir

E aí, gente, o que acharam? Ah, habilitei para anônimos de novo, então, favor, manter o nível!!

Veja o meu perfil

Minha foto
Brazil
Mão Cósmica Azul, Kin 247, Reikiana e uma pessoa legal, um ser humano no processo de evolução,como, aliás, todos somos...

Ame-se!!

Ame-se!!
Vigilantes da Auto Estima

Revista Andros para mulherada

Revista Andros para mulherada
proibido para choronas bobocas

Sigam-me os bons! e, até, os não tão bons

Vídeos de Alienação Parental Ferida no coração de pai(mãe) e filho(a)(s)

Loading...