Páginas

sexta-feira, 15 de julho de 2016

A Canção do Armegin, O Sagrado Masculino

Sou um vento do mar,


Sou uma onda do mar,

Sou um veado de sete pontas,

Sou um falcão num penhasco,

Sou uma lágrima do Sol,

Sou a beleza entre as flores,

Sou um javali,

Sou um salmão num lago,

Sou um lago numa planície,

Sou uma colina de poesia,

Sou uma lança combatente,

Sou um deus que forma fogo na cabeça

Quem senão eu conhece as reuniões da casa do dólmen na colina?

Quem senão eu sabe onde o Sol se põe?

Quem prediz as fases da Lua?

Quem traz o gado da casa de Tethra e o separa?

Quem senão eu dá as boas-vindas ao gado de Tethra?

Quem dá formas às colinas?

Invocai, Povo do Mar, invocai o poeta, para que possa fazer-vos um encanto.

Pois eu, o Druida, que pus as letras no Ogham,

Eu, que separo os combatentes,

Hei de abordar a fortaleza das Sidhe em busca de um poeta hábil, para que juntos possamos fazer conjurações.

Eu sou um vento sobre o mar.

http://segredodasarvores.blogspot.com/2010/03/cancao-de-amergin-e-o-calendario-ogham.html
 
ESTA É A CANÇAO DO SAGRADO MASCULINO

Nenhum comentário:

Postar um comentário

E aí, gente, o que acharam? Ah, habilitei para anônimos de novo, então, favor, manter o nível!!

Veja o meu perfil

Minha foto
Brazil
Mão Cósmica Azul, Kin 247, Reikiana e uma pessoa legal, um ser humano no processo de evolução,como, aliás, todos somos...

Ame-se!!

Ame-se!!
Vigilantes da Auto Estima

Revista Andros para mulherada

Revista Andros para mulherada
proibido para choronas bobocas

Sigam-me os bons! e, até, os não tão bons

Vídeos de Alienação Parental Ferida no coração de pai(mãe) e filho(a)(s)

Loading...